quinta-feira, 8 de julho de 2010

O fim sempre vai doer

Como ousa? Como tem a cara de pau de dizer que no fim nada sentiu. Que nada causei em você. Que nada deixei em sua vida. Como tem a coragem de vir aqui me humilhar, me machucar. Quem você pensa que é? Quem você pensa que um dia já foi pra falar assim comigo? Por desventura já lhe causei alguma dor? Não! Por desventura já lhe humilhei, já lhe machuquei como você não cansa de fazer comigo? Não! O que você quer que eu faça? Não vou esquecer tudo, não vou fingir que nada sei, não vou ser outra pessoa. Cansei de tentar salvar o que não dá pra ser salvo. Quem você pensa que é pra causar essa confusão na minha vida? Cala a boca! Para de falar! Cansei de escutar as suas mentiras, cansei de tentar te agradar, de ser uma pessoa que não sou. Não me importa o que vou ter que passar agora sem você, com certeza vai ser uma vida melhor. Você percebe o que está me causando? Como vou explicar ao meu coração que você já não faz mais parte da minha vida? Como vou conseguir enfrentar o dia seguinte sem um abraço seu? Como vou me acostumar a viver sem você? Não quero ouvir mais nada! Suma da minha vida, ela fica muito melhor sem você. Cansei de nunca ser o bastante pra você.

Um comentário:

Milena disse...

lindo seu blog!!!

bjss


http://avidademalu.blogspot.com/